segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Resenha: Neon Azul

“Cada um vê o Neon de maneira diferente”. Esta é uma frase que se repete ao longo do livro “Neon Azul”, escrito por Eric Novello, que foi lançado recentemente pela Editora Draco e que mostra ser a essência da obra.

“Neon Azul” é um romance fix-up fantástico.

Formado por vários contos-capítulos, ou capítulos-contos, em que várias histórias tratam de um mesmo assunto e se conectam em diferente níveis para contar uma história cíclica.

Ao todo são 9 contos de temática fantástica que tratam tanto do bar, boate ou inferninho Neon Azul, sua misteriosa atmosfera e a presença ou ausência do incrível e desconhecido dono, o Homem.

Um desfile de personagens autênticos e com histórias de vida críveis, exceto por um ou dois, é o forte do livro. Todos têm a chance de deixar de ser figurantes em um conto para se transformar em protagonistas na história seguinte.

O clima musical de notas escritas envolve o leitor com a força necessária para transmitir a vida noturna vivenciada no Neon Azul. De certa maneira, o livro demonstra algo diferente de outros livros com temática fantástica, um realismo e uma nacionalidade na medida certa.

“Noites de insônia”, que conta a vida do insone gerente do bar, tem um tom fantástico-científico, enquanto “Invasão de privacidade” transcreve de forma clara o próprio autor ao lado de seus personagens.

Boa escrita, leitura leve e cuidado com os variados estilos de narração fazem com que as 166 páginas do romance sejam devoradas em poucas horas, com um gostinho de quero mais no fim.

“Os livros são como espelhos: neles só se vê o que temos dentro”, disse um dos personagens de Carloz Ruiz Zafón em “A Sombra do Vento”. É uma verdade totalmente aplicável para os leitores mais atentos, penso eu.

Então, convido você a colocar de bom grado a cabeça para dentro da entrada do Neon Azul; provavelmente ele se moldará às suas necessidades.

2 comentários:

creniciichla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nathalya R disse...

Adorei a resenha! Fiquei muito curiosa para ler o livro!!!